quinta-feira, 14 de abril de 2016

O que é mais prejudicial: cigarro comum ou maconha?

Apesar de ainda ser um tabu na sociedade, falar sobre maconha vem sendo cada vez mais fácil em meio a tantas discussões e pesquisas sobre sua eficácia e malefícios, legalização e fins terapêuticos. O próprio presidente dos Estados Unidos, Barack Obama,  afirmou já ter feito uso da droga quando jovem. Ainda foi além, e disse que seus efeitos poderiam ser tão maléficos quanto os do cigarro. Mas será que isso é verdade? 

Na verdade, ainda não há um consenso entre os especialistas sobre qual droga seria mais prejudicial à nossa saúde: o cigarro ou a maconha. 

São inúmeras as pesquisas que apontam que o cigarro tradicional de tabaco é mais prejudicial à saúde do que a maconha – pelo menos do ponto de vista pulmonar. E um estudo publicado recentemente pela revista científica Journal of the American Medical Association comprovou isso da seguinte forma: 

Kertesz, o autor da pesquisa, fez o estudo com usuários que consomem até 20 baseados por ano, que são considerados como usuários moderados, e para a surpresa de muitas pessoas, foi descoberto que a fumaça da maconha não afetou os pulmões dos participantes. 



Além dessa pesquisa, mais algumas pesquisas foram feitas comparando os efeitos do tabaco e da maconha: 

Tabaco 
·               Dependência -  A nicotina presente no cigarro é uma substância que causa tanta dependência que segundo dados oficiais, é possível dizer que já atingimos a marca de 1 bilhão de usuários no mundo. 
·               Naturalidade – o que poucas pessoas sabem é que no cigarro apenas a nicotina é extraída de forma natural. Todas as outras substâncias presentes são extremamente tóxicas como o monóxido de carbono e alguns elementos radioativos. 
·               Quantidade de mortes – cerca de 130 mortos ao ano. 
·               Saúde – o cigarro é capaz de causar a maioria dos tipos de cânceres, infarto do miocárdio e derrames. Além disso, não há nenhum estudo que comprove que o uso do cigarro possa trazer algum beneficio para a saúde. 

Maconha  
·               Dependência -  segundo uma pesquisa realizada pelo jornal americano The New York Times, a maconha causa menos dependência do que a própria cafeína. 
·               Naturalidade – na maioria dos casos é feita de forma natural, sendo extraída da própria Cannabis. Entretanto, pelo fato da droga ainda não ser legalizada, é difícil saber a procedência da maconha. 
·               Quantidade de mortes – não há nenhum dado que ligue a morte de alguém por causa do uso de maconha. 
·               Saúde – problemas psíquicos como esquizofrenia é o mais frequente em quem usa a erva. O seu uso com fins medicinais pode tratar o câncer, a AIDS, o glaucoma, esclerosa múltipla e dores crônicas. 

Apesar dos cigarros comuns serem vendidos legalmente e livremente, de acordo com esses estudos seu uso é bem mais prejudicial a saúde do que a maconha. 

Entre os malefícios do cigarro, é possível ver que esta o aumento do risco de quase todos os cânceres, principalmente os relacionados ao sistema respiratório, além de sérios prejuízos à saúde do sistema cardiovascular. 



0 comentários:

Postar um comentário